O perdão dos Outros

20151006_103813

Texto: Mt 6, 9-15 (Pai Nosso)

Pistas:

  1. Custa-me perdoar? Consigo fazê-lo?

  2. E ser eu a pedir perdão aos outros?

  3. O que me custa mais? Perdoar ou ser perdoado?

Nota Final: Estou de relações tensas com alguém?

Perdoa-me Senhor…

Um dia especial!

canonigos

Hoje foi dia:

de Oração,

de Recomeço

de Reencontro

de Partilha

e de Comunhão…

Exame de consciência

tpc1

Texto: Tiago 5, 14-15 (Unção dos doentes)

Pistas:

0) Distinguir o exame de consciência antes da confissão de um exame de consciência diário;
1) O exame de consciência antes da confissão: Pratico-o? Como é que o faço? Tenho um formulário? Ou faço-o como me surge?
2) O exame de consciência diário: Pratico-o? Com que frequência? Como é que o faço? Já experimentei o proposto por Sto Inácio de Loyola em 5 pontos (E.E. n.º 43)? Nestes 15 dias vou procurar praticá-lo.

4. A V A L I A Ç Ã O

E.E. de Santo Inácio de Loyola n.º 43:

“43 – Modo de fazer o exame geral. Consta de cinco pontos:

O Primeiro ponto é dar graças a Deus nosso Senhor pelos benefícios recebidos.

Segundo, pedir graça para conhecer os pecados, e libertar-se deles.

Terceiro, pedir conta à alma, desde a hora em que se levantou até ao exame presente, hora por hora ou período por período, primeiro, dos pensamentos, depois das palavras, e depois das obras, pela mesma ordem que se disse no exame particular.

Quarto, pedir perdão, a Deus nosso Senhor, das faltas.

Quinto, propor emenda, com sua graça. Pai Nosso.”

Silêncio!

silencio

Escuto mas não sei
Se o que oiço é silêncio
Ou Deus

Escuto sem saber se estou ouvindo
O ressoar das planícies do vazio
Ou a consciência atenta
Que nos confins do universo
Me decifra e fita

Apenas sei que caminho como quem
É olhado amado e conhecido
E por isso em cada gesto ponho
Solenidade e risco

Sophia de Mello Breyner Andresen,
em Obra poética I, Circulo de leitores
{também em: Geografia, 1962}

Comentário:

É quando paro para escutar, que me oiço e me encontro.
Se eu não aprender a parar, por mim, alguém ou alguma coisa me hão-de fazer parar.
Primeiro paro, reparo em mim, reparo-me.
Só depois avanço, “caminho”, faço caminho.
Então, com os outros [com gestos solenes, arrisco e vivo].

Mãe

Sacramento do Perdão

Texto: Lc 5, 17-26  – Cura do paralítico

(Durante a cura Jesus diz: “Filho, os teus pecados estão perdoados”)

 Pistas:

  1.  O que é que eu recordo da minha 1.ª confissão? (Preparação, onde ocorreu, sei quem esteve presente?, etc)

Acabaram-se os sacramentos “bonitos”, como o Batismo, a 1.ª Comunhão, o Crisma ou o Matrimónio, que dão direito a fatos e festas.

  1. Onde é que eu vou fazer este sacramento?
  2. Considero que graças a este sacramento eu vou progredindo na vida espiritual?

(Reflito sobre isto com a máxima sinceridade que me for possível.)

  1. Pratico um exame de consciência? Com que frequência o faço?

Nestes 15 dias vou procurar fazer com frequência este exame. No fim do dia, no momento em que me for deitar, faço silêncio e pergunto: Hoje o que é que tenho de pedir perdão a Jesus?

  1. Se houve alguém que não tenha ainda feito o sacramento do perdão como tinha sido proposto antes, que aproveite esta 2.ª oportunidade para o fazer.

 

A V A L I A Ç Ã O

In Resurrectione tua

Uma boa sugestão de Quaresma

colegiosjB

Oração da paz – Oração de S. Francisco de Assis

IMG_0712

Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz;
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé;
Onde houver erros, que eu leve a verdade;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,
que ser consolado;
Compreender, que ser compreendido;
Amar, que ser amado;
Pois é dando que se recebe;
É perdoando, que se é perdoado;
E é morrendo que se vive para a vida eterna.